Participe!

Projeto Recrutando Vidas vence o 3° Prêmio Londrina de Cidadania

Data publicação: 19/12/2017

O 3° Prêmio Londrina de Cidadania divulgou os vencedores na noite de terça-feira (28 de novembro), no auditório do Sincoval. Promovido pelo Observatório de Gestão Pública de Londrina (OGPL), o prêmio é um incentivo e reconhecimento das boas práticas no município, sejam elas de iniciativas pessoais ou de grupos. O projeto Recrutando Vidas foi o grande vencedor entre os dez finalistas. Vista Bela Biblioteca Solidária e Clube das Mães Unidas ganharam o segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Na cerimônia de apresentação dos finalistas, crianças e jovens assistidos pelo projeto Recrutando Vidas (ProRev) compareceram em peso. A ideia de mostrar o impacto social em uma das comunidades mais carentes da zona sul de Londrina, deu certo.

O trabalho foi o grande destaque entre os 10 finalistas e conquistou o primeiro lugar, com uma premiação no valor de R$ 5 mil. “Foi uma surpresa porque todos os trabalhos que estavam concorrendo eram ótimos. Foi um super prêmio para nós. Vai direto para nossa conta, ajudar na construção da nova sede”, comemorou a presidente e fundadora do projeto, Diva Euclides Correia.

O ProRev atende 75 crianças e jovens no bairro São Marcos, com aulas de jiu-jitsu, inglês, música, cidadania e ética cristã. As aulas são ministradas por dois monitores e 15 professores voluntários. Para realizar esse atendimento há 11 anos, o grupo conta com a ajuda de parceiros e realiza promoções.

O segundo lugar ficou com o projeto Vista Bela – Biblioteca Solidária (ACEVB), que comemorou a conquista do prêmio de R$ 3 mil, com muitas lágrimas. Idealizado por Josileide Batistela em 2016, o projeto havia acabado de perder o imóvel da sede.

“Levar um prêmio desse para dentro do Vista Bela é transformador. Com esse dinheiro, vamos garantir o aluguel de um novo imóvel, alimentação, pagar as contas de água, luz e internet, por pelo menos um mês”, vibrou Josileide.

O Vista Bela Biblioteca Solidária atende hoje, 285 crianças com atividades culturais, esportivas e educativas, eventos de lazer, oferta de alimentação, acompanhamento psicológico, cultivo de horta orgânica, entre outros. Para manter todo esse trabalho, a equipe de voluntários conta com a ajuda de doações e organização de bazares.

O terceiro prêmio, no valor de R$ 2 mil, foi para o Clube das Mães Unidas, reconhecendo o trabalho de 37 anos, em educação profissional e inclusão produtiva. O grupo apresentou depoimentos de jovens atendidos na sede.

“É a primeira vez que participamos desse prêmio e tivemos nosso trabalho reconhecido. Estamos muito felizes e vamos usar esse dinheiro para ampliar nosso espaço de beleza, que é nossa maior demanda”, conta Daniele Godoy Agostini Rodrigues, assistente social. Só nos cursos de beleza e estética, são capacitados mensalmente, cerca de 180 alunos a partir dos 16 anos. 

Os vencedores foram avaliados por um corpo de jurados e o critério de avaliação dos trabalhos envolveu o impacto e desenvolvimento social, e a proatividade dos gestores. Todos os demais selecionados também foram premiados com a quantia de R$ 500,00.

Foram eles: ADA- Associação Defensora dos Animais, Projeto Dançando um Sonho, Cursinho Fenix, Vocal Tok de Amor, SOS Vida Animal, Morada de Deus – Centro de Assistência e Recuperação de vidas e Associação Espaço Thalita Cumi.

O presidente do Observatório, Roger Striker Trigueiros definiu esta terceira edição do prêmio como emocionante e um estímulo para os próximos anos. “É gratificante ver muitas pessoas realizando grandes trabalhos diante de tantas adversidades e criando exemplos de vida, de amor. Cada projeto com sua característica, tem oferecido experiências ricas que tornam nossa cidade mais fraterna, calorosa”, destaca.

Prêmio Londrina de Cidadania integra a 4ª Semana de Transparência e Combate à Corrupção.

Sobre o OGPL

O Observatório de Gestão Pública de Londrina é uma instituição independente, que desde 2009 atua em prol da correta aplicação dos recursos públicos. A instituição local faz parte da rede de observatórios coordenada pelo Observatório Social do Brasil (OSB), que já congrega unidades em todo o País.

Finalistas

Recrutando vidas

Projeto Vista Bela

 

 

Clube das Mães Unidas

Parceiros