1° Concurso de Debates do OGPL

O Observatório de Gestão Pública de Londrina lança o 1° Concurso de Debates, com apoio da JCI Londrina!!!

 

O concurso acontece através de disputas entre equipes de três participantes. Duas equipes se enfrentam por vez, argumentando de acordo com o ponto de vista sorteado (a favor ou contra).

Dinâmica dos debates:

Primeiramente será sorteado o tema a ser debatido e os posicionamentos de cada equipe

A ordem e o tempo para cada orador se dá na seguinte forma:
1º. Introdução do capitão da equipe A Favor, até 2 minutos;
2º. Introdução do capitão da equipe Contra, até 2 minutos;
3º. 1º Orador da equipe A Favor, até 3 minutos;
4º. 1º Orador da equipe Contra, até 3 minutos;
5º. 2º Orador da equipe A Favor, até 3 minutos;
6º. 2º Orador da equipe Contra, até 3 minutos;
7º. Pausa para trocar ideias com os colegas, de 1 minuto;
8º. Conclusão do capitão da equipe A Favor, até 2 minutos;
9º. Conclusão do capitão da equipe Contra, até 2 minutos.

Critérios de julgamento

Os concorrentes deverão ser avaliados pelos critérios a seguir:
i. Argumentação: Consistência e relevância das informações, sequência lógica, poder de síntese (1 a 5 pontos);
ii. Comunicação: Eloquência, confiança, contato visual, entonação, gesticulação e expressões faciais, equilíbrio emocional, uso do bom humor no contexto (1 a 5 pontos);
iii. Refutação: Capacidade de expor fraquezas na tese dos adversários, contra argumentação (1 a 5 pontos);
iv. Trabalho em equipe: Seguiu a ideia/estratégia da equipe, concorda com argumentos dos colegas (1 a 5 pontos);
v. Tempo: Será descontado 1 ponto por grupo de até 10 (dez) segundos falados a mais do que o tempo estipulado (Exemplo: 7 segundos falados a mais = -1 ponto; 13 segundos falados a mais = -2 pontos; 20 segundos falados a mais = -2 pontos). Não há limite mínimo de tempo.

Exemplo de debate: VÍDEO

 

Eventos

No dia 28/out faremos uma palestra de abertura e convite, apresentando técnicas de debate para os participantes. As inscrições para esse evento são gratuitas e podem ser feitas online ou pessoalmente no dia.

No dia 04/nov faremos um treinamento para quem se interessar, estando inscrito ou não. As equipes que não participarem do treinamento também poderão se inscrever posteriormente para o dia do concurso de debates.

No dia 28/nov teremos o concurso de debates, onde as equipes se enfrentarão em disputas eliminiatórias. Para se inscrever as equipes deverão preencher um formulário online e cada participante deve doar 2Kg de alimentos, que serão doados para a Pestalozi de Londrina.

 

Datas importantes:

28/out | 9h - Palestra sobre técnicas de debate - INSCRIÇÃO

04/nov | 9h - Treinamento para equipes

15/nov | Finalização das inscrições

28/nov | 9h - Concurso de debates - INSCRIÇÃO | REGULAMENTO

 

 

 

 

Oficial

Observatório lança terceira edição do Prêmio Londrina Cidadania

Estão abertas até o dia 10 de novembro as inscrições para o 3º Prêmio Londrina de Cidadania, promovido pelo Observatório de Gestão Pública com objetivo de reconhecer e incentivar a prática cidadã no município. Podem se inscrever projetos e/ou iniciativas que colaborem com o desenvolvimento da cidadania em Londrina. Serão selecionados dez finalistas. O primeiro lugar será agraciado com um prêmio em dinheiro no valor de R$ 5 mil. O segundo colocado receberá R$ 3 mil e o terceiro, R$ 2 mil. Os outros finalistas receberão R$ 500,00.

O resultado será divulgado no dia 28 de novembro, durante a IV Semana de Transparência e Combate à Corrupção, em uma solenidade pública, a partir das 20 horas, no auditório do Sincoval (Rua Ana Neri, 300). Na ocasião, os concorrentes terão até 10 minutos cada para apresentar suas iniciativas ao corpo de jurados.

O candidato ou quem for indicar o projeto precisa preencher a ficha de inscrição online contida no site do Observatório de Gestão Pública u enviá-la por e-mail para O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. . Para se inscrever, é preciso anexar pelo menos 5 fotos da iniciativa e/ou um vídeo sobre o projeto, com informações sobre a história, motivação e o trabalho desenvolvido. Na gravação, também podem ser adicionados depoimentos de pessoas assistidas pela iniciativa, colaboradores ou outros. “O vídeo não é obrigatório, mas vai ajudar os jurados a entenderem melhor a proposta”, explica o coordenador do Observatório, Leandro Matos.

Ele destaca que os critérios para escolha dos finalistas serão baseados no impacto social da iniciativa, no envolvimento social que provoca e também na proatividade dos gestores. “Queremos auxiliar na criação de um ambiente cada vez mais cooperativo e favorável às iniciativas pessoais ou de grupos em favor do desenvolvimento e da qualidade de vida de nossa comunidade, além de destacar bons exemplos de cidadãos”, enfatiza.

Em 2014, o Centro de Educação Infantil Nova Vida, localizado no Jardim São Jorge, zona norte de Londrina, foi o vencedor da segunda edição do Prêmio Londrina de Cidadania. 

 

Serviço:

3º Prêmio Londrina de Cidadania

Inscrições até 10 de novembro

REGULAMENTO

INSCRIÇÃO ONLINE

INSCRIÇÃO WORD | INSCRIÇÃO PDF

E-mail: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Também é possível se inscrever pessoalmente na sede do Observatório: Rua Ana Neri, 300, sala 302

 

Má conservação das estradas rurais deixa crianças sem frequentar a escola

O OGLP (Observatório de Gestão Pública de Londrina) vai cobrar, através de ofício, que a secretaria municipal de Agricultura de Londrina apresente um planejamento a curto, médio e longo prazo para manutenção das estradas rurais. O objetivo é que o planejamento contemple prazo até o fim do mandato do atual prefeito Marcelo Belinati. O ofício vai pedir também que o orçamento da pasta para os próximos anos passe a incluir esta demanda. A decisão foi tomada após o Observatório promover reunião para discutir as consequências da má conservação das estradas rurais do município.

Na ocasião, foi levantado que pelo menos 500 estudantes da região de Lerroville, em Londrina, ficam sem aula quando chove na região e as estradas rurais ficam intransitáveis por causa do mau estado de conservação das vias. Além disso, mais de 20 professores que lecionam em assentamentos e escolas distantes da zona urbana não conseguem chegar às escolas. A informação foi passada por Marcos Silveira, gerente de transporte escolar da Secretaria Municipal de Educação, durante a reunião. “Quando os alunos perdem aulas, são feitos trabalhos pedagógicos para repor, mas isso não é suficiente. Por isso não é incomum haver crianças no 5º que mal sabem escrever”, lamentou.

O engenheiro agrônomo da Secretaria de Agricultura, Rodrigo de Menezes Trigueiro, expôs que dos 800 quilômetros de estradas rurais existentes em Londrina, 645 quilômetros não são pavimentados e pelo menos 100 quilômetros são considerados críticos. A manutenção não ocorre a contento, segundo ele, por falta de maquinários. “Gasta-se uma fortuna em transporte escolar e não há estradas em boas condições para os veículos circularem”, disse.

O secretário de Agricultura e Abastecimento, João Mendonça, alegou que a falta de recursos financeiros é o principal motivo que justifica a falta de manutenção da frota de maquinários para conservação das estradas. Segundo ele, a pasta tem oito máquinas para serem usadas nas estradas rurais, mas frequentemente estão paradas em manutenção. “Seriam necessárias pelos menos 30 máquinas”, disse o gestor, que se comprometeu a apresentar um relatório com a situação detalhada dos pontos mais críticos de estradas rurais.

O presidente do OGPL, Roger Trigueiros, questionou sobre a falta de planejamento para execução das obras pelo menos nos pontos mais críticos. “A secretaria pode fazer um planejamento pautado pela realidade”, disse. Para a equipe do Observatório, o planejamento é fundamental para garantir a manutenção mínima das estradas, pelo menos nos pontos mais críticos. “Sabemos que a secretaria não tem recursos, mas acreditamos que o assunto não está sendo tratado como devia”, avaliou.

 

18700036 1771058789576279 1691847017568838094 n

OGLP promove reunião sobre estradas rurais

O OGLP promove no próximo dia 14 de setembro, às 17 horas, uma reunião pública sobre as estradas rurais de Lerroville e o impacto da má conservação das mesmas na educação da população dos distritos rurais da região. O secretário municipal de agricultura, João Mendonça da Silva, participará do debate para esclarecer sobre os critérios de manutenção das vias. O Observatório convidou também moradores e lideranças dos distritos rurais para participarem da reunião e exporem as dificuldades enfrentadas. O encontro é aberto a toda comunidade.

A equipe do OGPL decidiu abrir debate sobre o assunto após monitorar o contrato de transporte escolar que garante o serviço no distrito. Ao visitar a localidade para fiscalizar as condições dos ônibus, detectou que os veículos que transportam os alunos apresentam - em geral - bom estado de conservação, mas observou que, nos dias de chuva, a maioria não consegue cumprir o trajeto por causa do mau estado de conservação das estradas.

Com a reunião, o objetivo da entidade é dar voz aos moradores e cobrar soluções do poder público para garantia do direito básico à educação, previsto inclusive no Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Serviço:

Reunião sobre transporte rural

Dia 14 de setembro

17 horas

Sede do OGLP - Rua Ana Neri, 300, sala 302

Você está aqui: Home Imprensa NOTÍCIAS