Observatórios Sociais se unem para definir diretrizes

O I Encontro Nacional dos Observatórios Sociais abriu espaço para o compartilhamento de experiências e estratégias no âmbito da vigilância da administração pública. O evento, que foi realizado nos dias 30 e 31 de março em Curitiba, contou com a participação dos 52 Observatórios registrados no país.

Seis definições surgiram do Encontro. Elas irão nortear e unificar as entidades a partir desde ano. A primeira delas é a sustentabilidade, que regula principalmente de que forma um Observatório deve ser gerido. Também direciona que cada Observatório contribuirá com 5% de seu orçamento para o Observatório Social do Brasil, contribuindo assim para o suporte, orientação de gestão, das demais associações. Para Waldomiro Grade, presidente do Observatório de Gestão Pública de Londrina (OGPL), essa contribuição é importante não somente para manter o Observatório nacional. “Dá representatividade para que os demais Observatórios sobrevivam e aconteçam”, afirma.

Para a comunicação, os representantes presentes no evento consideraram essencial a criação de uma plataforma virtual que una os Observatórios brasileiros. Já a comissão de ética e a diretriz definem parâmetros de credibilidade às entidades. Entre eles está o apartidarismo. O distanciamento dos partidos garante a isenção no momento de fiscalizar a gestão pública.

Parcerias foram definidas para que os Observatórios possam contar com o total apoio do Ministério Público, Controladoria Geral da União, Controladoria Geral dos Estados, OAB, entre outros órgãos.

Comentários (0)
Escrever um comentário
Seus Detalhes de Contato:
Comentário:
[b] [i] [u] [s] [url] [quote] [code] [img]   
:D:angry::angry-red::evil::idea::love::x:no-comments::ooo::pirate::?::(
:sleep::););)):0
Segurança
Você está aqui: Home Imprensa ÁUDIO Observatórios Sociais se unem para definir diretrizes